Project Description

O que é Colposcopia?

colposcopia é um procedimento utilizado a detecção do câncer do colo do útero. Um microscópio grande (colposcópio) é colocado em frente à vagina e focalizado na cérvice (colo uterino). Esse microscópio é então utilizado pelo médico examinador encontrar mudanças na cérvice que possam izar precocemente o câncer cervical. O procedimento da colposcopia é simples e relativamente indolor, apesar de a mulher poder sentir algum desconforto. É um exame realizado em ambiente ambulatorial por médicos qualificados sempre que for necessário um exame detalhado da cérvice, por exemplo quando houver alterações no resultado do exame citológico (“preventivo”, “colpocitológico” ou “Papanicolaou”). A colposcopia também possibilita o exame minucioso da vagina e da vulva.

Com a ajuda do colposcópio o médico pode identificar áreas anormais que necessitam ser biopsiadas se identificar lesões pré cancerígenas ou cancerígenas, o mais precocemente possível dentro de seu quadro evolutivo. O diagnóstico definitivo e correto de uma lesão pré-neoplásica ou neoplásica do colo uterino só é possível após sua adequada localização e a realização da biópsia, por isso a importância da colposcopia planejar o tratamento definitivo.

Exame primeiramente descrito em documento publicado por Hinselman em 1925, a colposcopia é um exame internacionalmente consagrado. Os metros sua realização e padrões de qualidade são no Brasil regidos pela “Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia” (ABPTGIC), filiada à “International Federation for Cervical Pathology and Colposcopy” (IFCPC). A ABPTGIC realiza anualmente prova de qualificação os médicos interessados e emite o “Selo de qualidade de colposcopia”.

Mais motivos para se fazer uma colposcopia

* Diagnóstico de HPV – Citologia ou Teste DNA/HPV;

* Sinusorragia (Sangramento vaginal fora do ciclo menstrual), Dispareunia (Dor às relações sexuais);

*Atipias em colo e vagina perceptíveis a olho nu;

* História de DST prévia ou parceiro atual com DST;

* Vulvo vaginite e cervicite de repetição (O corrimento de difícil tratamento pode ser um dos sintomas);

* Prurido vulvar crônico;

* Exame pré operatório cirurgias ginecológicas;

* Controle pós tratamento de HPV, NIC, AIS, Ca invasor;

* Desejo da paciente, exame complementar à citologia no rastreamento do câncer de colo uterino.

Quais os cuidados necessários antes de uma colposcopia?

A paciente é importante salientar que é um exame parecido com a coleta de uma citologia normal, mas que é um pouco mais demorado (10 a 20 minutos) e que precisa dos mesmos cuidados habituais para a coleta da citologia nas 48 horas anteriores à realização do exame:

*Evitar relações sexuais 48 horas antes do exame;
*Não utilizar cremes vaginais ou absorventes internos;
*Estar fora do período de fluxo menstrual.

Quando é necessário fazer uma colposcopia? 

Dentre as indicações preconizadas pelo INCA/MS a realização de um exame colposcópico, temos os seguintes achados alterados ao exame citológico:

Lesão intra-epitelial de alto grau (LIE-AG);
Adenocarcinoma in-situ (AIS);
Suspeita de micro-invasão;
Suspeita de invasão;
ASC-H;
AGC.

Em caso de dois exames citológicos consecutivos com alguma das seguintes alterações, também é preconizada pelo INCA/MS a realização de colposcopia:

ASC-US;
Lesão intra-epitelial de baixo grau (LIE-BG).

DEPOIMENTOS DE PACIENTES

“Dra Walquíria é Ótima… super competente, eu adorei, indico a todos meus amigos.”

GIOVANA RIBEIRO

“A consulta com a dra Walquíria é muito especial, o conhecimento e a experiência aliado ao seu cuidado e atenção nos faz bem em todos os sentidos. Meu tratamento está melhor que pensei. Ela transmite tanta segurança e confiabilidade que agradeço todo dia por estar sendo tratada de algo tão grave com uma médica como é a Dra.”

ADRIANA FERREIA LIMA

“A Dra Walquíria é a melhor ginecologista! Super competente, e atendimento realmente diferenciado!”

MARIA LÚCIA SCHIMIT